Saturday, December 31, 2011

Se é para ser, que seja...

Se é para haver dia, que o dia seja de sol dourado
Se é para haver noite, que a noite seja banhada pela prata da lua
Se é para haver inverno, que o inverno seja aquecido pelo fogo da lareira
Se é para haver verão, que o verão seja à beira do mar cristalino
Se é para haver nascimento, que o nascido seja recebido com festa
Se é para haver morte, que o morto se vá deixando marcas indeléveis

Se é para haver vida, que a vida seja celebrada com beleza, alegria e amor.

1 comment:

bruna bertin said...

Oi Teresa, tudo bem? Encontrei seu blog no site Mundo Pequeno. Tentei encontrar seu e-mail mas não consegui. Estou escrevendo para te pedir uma grande ajuda. Estou me formando no curso de Comércio Internacional, na Universidade de Caxias do Sul (RS) e meu projeto de conclusão é curso é uma pesquisa sobre as mulheres brasileiras que construíram suas carreiras no exterior. Eu gostaria de pedir a você uma entrevista, a ser realizada no segundo semestre desse ano, pois nesse primeiro estou ainda desenvolvendo o referencial teórico. Dados pessoais não serão revelados em nenhum momento do trabalho! Eu agradeço muito se puderes me ajudar! Abraços!! Bruna Bertin (brunabertin@gmail.com)